Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Supermercado Recheio em Nampula não possui casa de banho para funcionários

O Supermercado Recheio na cidade de Nampula não possui casas de banho para os funcionários e clientes daquele estabelecimento comercial, alegadamente porque as únicas duas encontram-se entupidas há mais de dois meses, provocando um cheiro nauseabundo no interior do edifício, num autêntico atentado à saúde pública.

Os cerca de 40 trabalhadores, maioritariamente do sexo feminino, são obrigados a apertarem a bexiga, durante oito horas de trabalho. Os mais corajosos recorrem a algumas árvores nas imediações do estabelecimento e aos edifícios abandonados para atenderem as suas necessidades biológicas, perante o olhar indiferente dos seus responsáveis hierárquicos.

Alguns trabalhadores dizem que têm sido alvo de ameaças de expulsão, por parte do patronato, quando se ausentam dos seus postos de trabalho, supostamente à procura de locais seguros para urinar. Embora reconheça a inexistência de casas de banho, a direcção da empresa nega pronunciar-se sobre esta matéria.

Entretanto, a Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) em Nampula, na voz do respectivo delegado, Isak Sebastião promete averiguar a situação, por forma a tomar uma possível medida.

Refira-se que o artigo 3 do Decreto 15/2006, de 22 de Junho, estabelece a obrigatoriedade de anseio e limpeza nos locais de venda de produtos alimentares. E aos infractores a este instrumento incorrem em penalizações que vão até 40 salários mínimos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!