Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia captura supostos terroristas

Na noite do passado dia sete, a polícia na cidade de Nampula capturou 45 cidadãos da Somália que tentavam fugir transportados em três viaturas. Com o estatuto de refugiados, os somalis encontravam- se a viver no Centro de Maratane.

Contudo a sua detenção está alimentar rumores segundo os quais os indivíduos pertencem a rede de terroristas que opera no Afeganistão, Paquistão, Somália e Moçambique, uma hipótese refutada pelas autoridades governamentais e a polícia em Nampula. “Das investigações feitas concluímos que se trata de refugiados que vivem no Centro e estavam a fugir para um destino incerto.

Neste momento já foram reencaminhados de volta. Os motoristas das viaturas são de nacionalidade moçambicana e estão detidos para mais averiguações”, informou a polícia local. Segundo o Instituto Nacional de Apoio aos Refugiados (INAR) em Nampula, até o dia 15 de Maio de 2010, haviam sido registadas 2.313 novas chegadas de cidadãos somalianos, alegando a busca de asilo em Moçambique.

Com excepção dos que se encontram registados na base de dados do INAR e os que estão devidamente autorizados a residir fora do Centro, nessa data existiam no Centro de Acolhimento de Refugiados de Maratane, apenas 314 requerentes, estando os restantes em parte incerta. Numa carta do INAR, o instituto solicita a averiguação e a veracidade das informações veiculadas na impressa internacional, bem como a indagação dos destinos e reais objectivos dos alegados requerentes de asilo de nacionalidade somaliana na província de Nampula.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!