Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Parturientes trazem agua de casa para higiene pos-partos

A problemática da falta de água na maternidade do Centro de Saúde do posto administrativo de Nihessiue, no distrito de Murrupula, continua a obrigar as parturientes a trazer este precioso liquido das suas casas, para efeitos de esterilização do material cirúrgico e higiene pós-partos.

As comunidades usuárias daquela unidade que, entretanto, pedem ao governo para dotá-lo de um furo, pelo menos, disseram que há cerca de seis anos, o Centro dispunha de um pequeno sistema de abastecimento de água, que era captada do cimo de uma Serra, mas, devido à escassez das chuvas e o problema de assoreamento, o mesmo deixou de funcionar.

Luciano Muahiua, vice-presidente do Comité Desenvolvimento de Nihessiue, disse-nos que, devido à falta de água, os enfermeiros têm aconselhado as parturientes ou seus familiares, a trazerem consigo este líquido, porque, quando assim não acontece, a situação fica complicada.

Segundo as estatísticas , o Centro de Saúde de Nihessiue atende mensalmente cerca de 100 doentes, 5 por cento dos quais grávidas. Augusto Campo, enfermeiro daquela unidade, disse que as dificuldades que a mesma enfrenta, não se resumem apenas na falta de água, mas, também, de iluminação, o que faz com que os partos, quando ocorrem à noite, sejam feitos à luz de candeeiro.

O governo local tem conhecimento dos problemas que afectam as populações de Nihessiue, particularmente na área de saúde. E em relação ao abastecimento de água ao hospital, já foi apurado um empreiteiro que irá reabilitar o pequeno sistema.

Enquanto isso não acontece, a Visão Mundial, uma organização nãogovernamental que opera no distrito de Murrupula, já financiou a abertura de um furo de água, bem como a colocação de um painel solar para iluminação do hospital. Segundo o recenseamento geral da população de 1997, Nihessiue possui cerca de 34 mil habitantes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!