Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola 2014: Ferroviário de Nampula em queda livre

O Clube Ferroviário de Nampula voltou a desperdiçar pontos neste Moçambola, edição 2014, ao empatar sem abertura de contagem diante do Ferroviário de Quelimane. Na mesma jornada, o Desportivo de Nacala voltou a sorrir, desta vez com uma vitória gorda sobre o Estrela Vermelha da Beira.

Não restam dúvidas que, na chamada “capital do Norte”, os amantes do desporto andam com saudades das primeiras seis jornadas desta competição. Naquele tempo, diga-se de passagem, a conversa não era outra, senão sobre a liderança que pertencia a um sensacional Ferroviário de Nampula.

Foram seis jornadas de sonhos – considerando que, apesar da derrota na sexta, Rogério Gonçalves continuava no topo da tabela – em que uma despretensiosa locomotiva “espancava” tudo o que aparecia pela frente, mantendo uma invencibilidade que chegava a assustar a qualquer um que se julgue grande.

Actualmente, volvidas oito jornadas, esses contos não passam de crónicas de um passado agradável de se viver quer para a direcção, para os adeptos, para os jogadores, para a equipa técnica e até muitos outros que rodeiam aquele clube.

Nos últimos três confrontos, o Ferroviário de Nampula conquistou apenas…dois pontos e uma queda estrondosa da primeira à terceira posição da tabela classificativa com 17 pontos. O último descarrilamento houve no campo do Sporting de Quelimane, diante do Ferroviário local, onde o conjunto de Rogério Gonçalves empatou sem abertura de contagem.

Sete em nove pontos possíveis

É o balanço dos últimos três jogos do Desportivo de Nacala, um conjunto que, aparentemente, sacudiu a crise de resultados para longe da “Bela Vista”. Diante dos seus adeptos, os treinados de Akil Marcelino derrotaram o Estrela Vermelha da Beira por 3 a 1.

Os tentos dessa partida foram apontados por Mário (bis), Zé, do lado dos canarinhos e por Binó para o Estrela Vermelha da Beira. Com esta importantíssima vitória, aquele conjunto de Nacala fugiu da zona despromoção e passou a ocupar a 11ª posição com 11 pontos.

De referir que a Liga Muçulmana lidera a prova com 20 pontos, mais três do que o Maxaquene na segunda, igualado ao Ferroviário de Nampula.

Quadro completo de resultados

Liga Muçulmana 1 – 0 Maxaquene

Clube de Chibuto 3 – 1 HCB de Songo

Costa do Sol 3 – 0 Têxtil de Púnguè

Desportivo de Nacala 3 – 1 Estrela Vermelha da Beira

Ferroviário de Quelimane 0 – 0 Ferroviário de Nampula

Ferroviário da Beira 2 – 1 Desportivo de Maputo

Ferroviário de Maputo 2 – 0 Ferroviário de Pemba

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!