Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique forma profissionais de saúde para tuberculose multi-droga resistente

O governo está a levar acabo uma série de acções com vista a monitorar, diagnosticar e tratar eventuais casos de Tuberculose Multi-Droga Resistente (TB-MDR), que, em Moçambique. A Tuberculose comum ainda é uma doença de proporções epidémicas em Moçambique.

Com efeito, alguns profissionais de saúde afectos às unidades sanitárias do Sistema Nacional de Saúde (SNS) e do sector privado, oriundos da Cidade e da Província de Maputo concluíram com êxito o primeiro treino sobre o diagnóstico e tratamento dos casos de TB-MDR.

O treino, segundo um comunicado da Representação da Organização Mundial de Saúde em Moçambique (OMS), decorreu em Maputo, de 31 de Maio a 3 de Junho corrente, e foi realizado com base no novo Manual de Diagnóstico e Tratamento de Tuberculose Resistente e Multi- Droga Resistente. O treino teve de entre outros objectivos, fornecer aos participantes ferramentas que os ajudem a melhorar a gestão de casos de TB-MDR, actualizar o esquema terapêutico da doença em Moçambique, divulgar as Fichas de Notificação da doença, incentivar a notificação de reacções adversas aos medicamentos anti–Tuberculose e alertar sobre as interacções medicamentosas que ocorrem em pacientes.

Esta formação foi organizada pelo Ministério da Saúde em coordenação com a OMS e teve como facilitadores profissionais do Ministério moçambicano de Saúde e da OMS. As notificações de todas as formas de tuberculose continuam a aumentar na ordem de 2 a 15 por cento anualmente desde 2001, com as maiores cifras registadas entre os anos 2008 e 2009. Segundo dados das autoridades sanitárias do país, cerca de 70 por cento dos casos de Tuberculose estão coinfectados com o vírus do HIV, o principal veículo conhecido de incidência de TB e de morte na maioria dos países da Africa Austral.

A Tuberculose Multi – Droga Resistente emergiu como um novo desafio em Moçambique. O primeiro Estudo Nacional referente ao período 1998 e 1999 mostra que a prevalência da TB –MDR era de 3,4 por cento e o segundo um estudo Nacional abrangendo os anos 2007 e 2008 revelou uma prevalência de TB – MDR de 3,5 por cento. Em Moçambique a média de Tuberculose Multi – Droga Resistente por regiões tem a seguinte distribuição: Região norte 2.4 por cento; Centro 4.5 por cento e Sul 3.9 para a região Sul.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!