Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Médicos ameaçam paralisar actividades em Nampula

Médicos afectos aos serviços de urgência do Hospital Central de Nampula (HCN) e outros profissionais de saúde, que habitualmente trabalham em regime de turnos, ameaçam paralisar as suas actividades caso a direcção daquela unidade sanitária não lhes pague os honorários em atraso referentes aos últimos dois meses.

Em carta dirigida a direcção do hospital, os insurrectos referem que a paralisação laboral é o último recurso de consenso encontrado pela massa laboral para chamar atenção a quem de direito sobre o referido problema, ao mesmo tempo que acusam a direcção de não mostrar interesse em resolver a questão.

A falta de pagamento dos honorários, segundo escreve o jornal O Pais, regista-se desde Setembro último. Momede Riaze, director provincial da Saúde em Nampula, reconhece o facto e garante que vai solucionar o problema dentro desta semana, adiantando que o atraso deve-se a alguns problemas no arrolamento de dados, facto agravado pela insuficiência financeira na Direcção Provincial de Plano e Finanças.

“A situação será ultrapassada dentro desta semana, todos os médicos e funcionários vão receber os seus honorários em atraso” garantiu o director provincial de Saúde em Nampula.

Segundo Riaze, a direcção do hospital reuniu-se, Sexta-feira, com os médicos e outro pessoal afecto naquela que é a maior unidade sanitária da região norte do país para informar sobre o ponto da situação, razão pela qual não existe motivo para alarme.

A fonte clarificou que esta situação envolve apenas os subsídios que os médicos e outro pessoal afecto àqueles serviços têm direito quando em serviço nos serviços de urgência e não os salários.

Os valores em causa variam entre os 400 e 500 meticais por cada urgência, valor normalmente pago no final de cada mês.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!