Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ex-presidente da Costa do Marfim é levado a Haia para julgamento

O ex-presidente da Costa do Marfim Laurent Gbagbo, que estava em prisão domiciliar desde abril, foi enviado para Haia, na Holanda, onde será julgado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) por crimes contra a humanidade. Ele chegou à Holanda esta quarta-feira de manhã.

A corte mundial abriu investigação no mês passado sobre mortes, estupros e outros abusos cometidos durante os quatro meses de conflito desencadeados na Costa do Marfim pela recusa de Gbagbo de ceder o poder ao oposicionista Alassane Ouattara, vencedor da eleição presidencial do ano passado.

O porta-voz do TPI, Fadi el Abdallah, disse que Gbagbo compareceria nos próximos dias pela primeira vez numa audiência no tribunal, quando será informado de seus direitos e das acusações contra si. O momento da transferência dele para Haia é delicado já que no dia 11 de dezembro haverá eleições parlamentares na Costa do Marfim, as quais estão sendo boicotadas por seu partido em protesto contra o tratamento dado às autoridades presas por causa do conflito.

Assessores de Gbagbo dizem que o TPI representa a “justiça dos vencedores” e acusam a corte de ser tendenciosa em relação a Ouattara, um ex-executivo do Fundo Monetário Internacional que chegou ao poder com o apoio de soldados da França que ajudaram a derrubar Gbagbo, preso em 11 de abril. Tanto o TPI como o governo de Ouattara tentaram manter em sigilo a transfer6encia de Gbagbo para Haia para evitar o risco de distúrbios no país.

Ele foi levado de helicóptero na terça-feira da remota cidade de Korhogo, no norte, onde estava sob prisão domiciliar, e colocado em um avião para Roterdão, onde chegou nesta quarta-feira de manhã. Gbagbo será o primeiro ex-chefe de Estado a ser julgado pelo TPI desde 2002

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!