Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Denúncias pelas linhas do GCCC culminam com 114 flagrantes

Quatro anos depois da introdução das linhas telefónicas no Gabinete Central de Combate à Corrupção em Moçambique para os cidadãos exporem as suas preocupações, 114 pessoas foram detidas em flagrante delito por prática de infracções de vária índole.

Por essa razão, segundo o Procurador-Geral da República, Augusto Paulino, a experiência da utilização destas linhas, desde 2008, mostra-se positiva, onde para além da detenção dos 114 indivíduos em flagrante delito, foi possível, também, instaurar os respectivos processos.

Ao todo, pelas linhas do Gabinete Central de Combate à Corrupção foram recebidas 328 chamadas contra 332, 209 mensagens contra 342, que resultaram em 33 contra 42 processos de investigação, em igual número de processos.

Segundo Paulino, citado, Sábado, pelo “Noticias”, ao longo do ano de 2011, o Gabinete Central de Combate à Corrupção e as Procuradorias Provinciais tramitaram 677 processos de corrupção e de desvio de fundos ou bens do Estado, contra 649 em igual período anterior.

Destes foram acusados 214 contra 223, julgados 81 contra 88 anteriores.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!