Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Crise alimentar afecta 32 mil pessoas nalguns distritos de Tete

Cerca de trinta e duas mil pessoas de cinco distritos da província de Tete, no Centro de Moçambique, estão a enfrentar uma grave crise alimentar.

De acordo com a Rádio Moçambique, esta situação deve-se aos maus resultados da última campanha agrícola naquela parcela do país resultante de factores combinados das inundações e secas. Devido as inundações e secas, mais de trinta mil hectares com culturas diversas ficaram perdidos. Esta situação afecta a população dos distritos de Mutarara, Zumbo, Cahora Bassa, Changara e Mágoè.

Os afectados estão, neste momento, a ser assistidos em produtos alimentares disponibilizados pelo Programa Mundial de Alimentação (PMA). Enquanto isso, para minorar a situação, o sector da Agricultura está a distribuir sementes de ciclo curto e a sensibilizar as pessoas para produzirem nas zonas baixas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!