Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Gabinete técnico dos Mambas estuda adversários

O gabinete técnico da selecção moçambicana, os “Mambas”, trabalha na observação dos jogos das formações adversárias, no Grupo “B” da terceira e derradeira fase de apuramento para o Campeonato Africano das Nações (CAN) e o Mundial em 2010, que se realizam em Angola e Africa do Sul, respectivamente.

Filipe Johane, Secretário-Geral da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), garantiu a AIM que o organismo de tutela da modalidade rainha no país conseguiu recolher discos DVDs (Digital Versatile Disc) com jogos das selecções da Nigéria e do Quénia.

Os jogos, referentes aos encontros amigáveis e qualificação estão, segundo Johane, a ser observados em pormenor pelo gabinete técnico dos Mambas, para aferir não só os aspectos tácticos dos adversários, mas também para estudar a evolução dos jogadores que militam nos campeonatos milionários da Europa. “Conseguimos recolher gravações de jogos das selecções da Nigéria e do Quénia, tanto os que foram disputados no ano passado como no ano em curso, e o gabinete técnico dos Mambas está a trabalhar neles”, disse Johane, acrescentando, por conseguinte, que não há nada sobre a Tunísia, outra selecção do grupo.

A outra questão que consta da lista de preocupações do gabinete técnico da selecção tem a ver tanto com os locais onde os Mambas vão jogar (os campos) assim como os sítios onde eles ficarão hospedados. Na conferência de imprensa havida em Fevereiro último, para anunciar a lista dos atletas convocados para o amistoso com o Malawi, o seleccionador dos Mambas, o holandês Mart Nooij, disse que outras actividades teriam lugar após o embate, em que a turma moçambicana venceu por duas bolas sem resposta.

No entanto, desde a realização daquele encontro, no dia 11 de Fevereiro, os Mambas não voltaram a disputar qualquer outra partida, com vista a manter os altos níveis de performance, tendo em conta que o primeiro adversário, a Nigéria, tem um conjunto muito forte.

Johane disse, no entanto, que os jogos disputados fora do calendário da FIFA são menos úteis, porque maior parte dos atletas que jogam nos campeonatos externos não se fariam presentes, recorrendo-se apenas aqueles que evoluem internamente.

“Se tivéssemos que realizar qualquer encontro amigável fora das datas da FIFA teríamos de trabalhar só com os jogadores internos, porque os que estão fora não estariam presentes”, explicou o secretáriogeral. Contudo, afirmou que o trabalho em curso que consiste na observação dos jogos não é menos importante para os objectivos e aspirações dos Mambas na corrida para 2010.

Até então, o gabinete técnico dos Mambas tem cerca de três semanas para estudar em pormenor as fragilidades dos adversários do primeiro encontro que se realiza no último domingo do mês. Johane disse, por outro lado, que a FIFA dá cinco dias a cada país para agrupar os jogadores. Assim, o dia 23 do corrente é a provável data em que os Mambas estarão a iniciar os trabalhos de preparação para o duelo com a Nigéria.

A Federação Moçambicana de Futebol já deliberou sobre os preços dos bilhetes do jogo dos Mambas contra as “Super Águias”. Assim, o acesso a bancada central sombra custa 200 meticais para a bancada central sol 100 meticais, assim como os topos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!