Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Comissão Nacional de Eleições anuncia resultados definitivos das eleições intercalares

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moç ambique anunciou, Segunda-feira, os resultados definitivos das últimas eleições intercalares nos municípios de Cuamba, Pemba e Quelimane, nas províncias de Niassa, Cabo Delgado e Zambézia, respectivamente.

Os resultados definitivos confirmam as vitórias dos candidatos da Frelimo nos Municípios de Cuamba, Vicente Lourenço, e Pemba, Tagir Carimo, e do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) na autarquia de Quelimane, Manuel de Araújo.

Em Cuamba, depois de requalificação dos votos nulos, reclamados ou protestados, o Vicente Lourenço obteve 4.120 votos de um total de 6.410 votos validos, mais 26 em relação aos resultados provisórios anunciados na semana passada pelo Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE).

Por sua vez, Maria Moreno, do MDM, conseguiu 2.343, mais 27 votos. Neste Município, votaram 6.698 eleitores dos 45.898 inscritos, tendo se registado um nível de abstenções na ordem dos 85.41 por cento, pois, 39.200 eleitores não se fizeram às urnas.

Na autarquia de Pemba, Tagir Carimo obteve 13.639 votos (mais 77 requalificados), o mesmo que 88.80 por cento. O número de votos validos foi de 15.360. Por sua vez, o candidato do MDM, Assamo Tique, arrecadou 1.498 (mais 10 requalificados).

O candidato do partido Humanitário de Moçambique (PAHUMO), conseguiu apenas 223 votos (mais dois), o que corresponde 1.45 por cento do total dos votos validos. No total votaram 16.024 eleitores, de um universo de 88.011 inscritos, uma percentagem de abstenções de 81.79 por cento.

Segundo os resultados definitivos, no Município de Quelimane, o candidato da oposição, Manuel de Araújo, venceu com um total de 23.080 votos (63.14 por cento), contra 22.822 do apuramento provisório, o que significa que teve mais 256 depois de requalificados.

O seu adversário, Lourenço Bico (da Frelimo), obteve 13.476 (mais 61), o correspondente a 36,14 por cento. O Presidente da CNE, Leopoldo da Costa, ao divulgar os resultados, manifestou-se constrangido pelo elevado índice de abstenções registadas nos três municípios.

Mesmo assim, saudou o facto de o sufrágio ter decorrido “ num ambiente de unidade, de coesão de profissionalismo, de liberdade, de justiça, de transparência, de independência e de colaboração com os órgãos e agentes de administração pública, partidos políticos, entidades privados e organizações da sociedade civil”.

Eis os resultados definitivos das eleições intercalares:

Quelimane

Votos validos: 36.234

Votos brancos: 449

Votos inválidos: 508

Manuel de Araújo (MDM): 23.080 (63.14 por cento)

Lourenço Abubacar Bico (Frelimo) 13,476 (36.86 por cento)

Pemba

Votos válidos 15.360

Votos Brancos: 281

Votos Inválidos: 383

Tagir Carimo (Frelimo): 13.639 (88.8 por cento)

Assamo Tique (MDM): 1.498 (9.75 por cento)

Emiliano Moçambique (PAHUMO): 223 (1.45 por cento)

Cuamba

Votos Válidos: 6,463

Votos em Branco: 138

Votos Inválidos: 97

Vicente Lourenço (Frelimo): 4.120 (63.75 por cento)

Maria Moreno (MDM): 2.343 (36.25 por cento)

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!