Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadão preso por assassinar namorada em Maputo e outro estupro na Matola

Um indivíduo cuja identidade não apurámos encontra-se privado de liberdade na 12a da Polícia da República de Moçambique (PRM), no bairro de Mavalane, na cidade de Maputo, acusado de assassinar a mulher com recurso a pedradas.

O homicídio resultou de uma discussão entre o casal em torno de mil meticais que supostamente a malograda recusava devolver ao marido.

Na altura em que iniciou a discussão os dois estavam embriagados. À Polícia, o acusado confessou que, antes de acabar com a vida da mulher, lhe aplicou duros golpes com as mãos e, em seguida, recorreu a pedras para atingi-la na nuca.

Enquanto isso, um outro cidadão de 25 anos de idade está preso na 4a esquadra da PRM, no bairro da Liberdade, município da Matola, incriminado de roubo, agressão física e violação sexual de uma jovem.

O @Verdade apurou que o indiciado teve acesso ao interior da casa através de uma das janelas, tendo submetido a vítima a torturas.

Quando ele se apercebeu de que a vítima já não oferecia resistência, em vez de soltá-la, abusou-a sexualmente sem nenhuma protecção.

A ofendida foi encaminhada ao hospital e, felizmente, não corre perigo de vida.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!