Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadão preso por assassinar namorada em Maputo e outro estupro na Matola

Um indivíduo cuja identidade não apurámos encontra-se privado de liberdade na 12a da Polícia da República de Moçambique (PRM), no bairro de Mavalane, na cidade de Maputo, acusado de assassinar a mulher com recurso a pedradas.

O homicídio resultou de uma discussão entre o casal em torno de mil meticais que supostamente a malograda recusava devolver ao marido.

Na altura em que iniciou a discussão os dois estavam embriagados. À Polícia, o acusado confessou que, antes de acabar com a vida da mulher, lhe aplicou duros golpes com as mãos e, em seguida, recorreu a pedras para atingi-la na nuca.

Enquanto isso, um outro cidadão de 25 anos de idade está preso na 4a esquadra da PRM, no bairro da Liberdade, município da Matola, incriminado de roubo, agressão física e violação sexual de uma jovem.

O @Verdade apurou que o indiciado teve acesso ao interior da casa através de uma das janelas, tendo submetido a vítima a torturas.

Quando ele se apercebeu de que a vítima já não oferecia resistência, em vez de soltá-la, abusou-a sexualmente sem nenhuma protecção.

A ofendida foi encaminhada ao hospital e, felizmente, não corre perigo de vida.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!