Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Água aumenta 44%

Os consumidores de água da rede nacional vão sentir, a valer, as consequências da retirada da “almofada” eleitoral que consistiu no embargo às revisões preçárias dos principais bens de consumo, quando, em Fevereiro de 2010, virem as suas facturas do chamado “precioso líquido” agravadas em 20%.

Ao que o Correio da manhã apurou, seis meses volvidos, isto é, em Agosto, virá um novo aumento de água em 24 porcento, revisão em alta que certamente não será a única no “doloroso” 2010. Fonte do Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água (FIPAG) afiançou à nossa Reportagem que os aumentos não pararão por aí, porque em Fevereiro de 2011 mais um agravamento será executado, praticamente na “mesma proporção” dos anteriores.

José Maria, responsável pelas Relações Públicas da empresa Águas de Moçambique, declinou confirmar ou desmentir estes dados, remetendo-nos para o secretáriogeral do Conselho de Regulação do Abastecimento de Água (CRA), Fernando Nhantumbo, figura com a qual esforços para estabelecer contacto redundaram em malogro total.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!