Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Zimbabué alerta homens para grupos de mulheres violadoras

O Zimbabué está a registar uma onda de violações levadas a cabo por mulheres que assaltam homens na crença de que isso lhes dará prosperidade nos negócios. As autoridades daquele que é um dos países com taxas mais elevadas de infecção com Sida já alertaram os homens viajantes.

O alerta foi lançado depois de três mulheres terem, semana passada, violado um homem que raptaram numa estrada, diz o El Mundo, citando o jornal oficial Herald.

O homem pedia boleia perto da capital, Harare, quando foi recolhido por um carro com três mulheres.

Estas perguntaram-lhe se tinha filhos, provavelmente para confirmar a sua fertilidade, e ofereceram-lhe dinheiro em troca de sexo. Quando o homem se recusou, foi injectado com um narcótico, roubado, violado e abandonado na estrada.

No mês passado, em Karoi, no ocidente do Zimbabué, um homem foi obrigado a manter sexo com uma motorista de um carro quando esta o ameaçou com uma serpente venenosa.

Anteriormente tinham sido três mulheres vestidas como as de uma site religiosa apostólica que, recorrendo a uma arma de fogo, abusaram de um homem em Beatrice, no centro do país.

A onda de assaltos e violações a homens jovens começou há cerca de um ano. “A avalanche de agressões sexuais a homens por parte de algumas ‘mulheres guerreiras’ agressivas é preocupante e chocante”, diz o Herald.

O inspector da polícia, Clemence Mabgweazara, alertou os homens viajantes para não pedirem boleia e viajarem em transportes públicos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!