Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhoquices da semana: Relatório de peritagem ao FDA; OJM governando Cabo Delgado; Novela no Município de Nampula

Xiconhoquices da semana: Novo Regulamento de Transporte em Veículos Automóveis; Passaporte falso de Nini sem falsificadores; Campanha eleitoral da Frelimo

Os nossos leitores elegeram as seguintes Xiconhoquices na semana finda:

Relatório de peritagem ao FDA

Por alguma carga de água, o replatório das auditorias do Ministério da Economia e Finanças, do Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar e do Tribunal Administrativo conclui que não houve ilícitos financeiros no caso de desfalque de mais de 170 milhões de meticais, aos cofres do Fundo de Desenvolvimento Agrário (FDA), num esquema que, alegadamente, envolveu muitas operações. No entanto, é caricato quando aquele grupo de indivíduos afirma que, da avaliação feita nos relatórios, não encontraram provas de ter havido qualquer ilícito no uso dos fundos. Ou seja, no entender dos supostos peritos não houve desvio de fundos no FDA. Também os advogados de defesa disseram que a avaliação dos relatórios não trouxe nenhuma prova de ter havido desvio de fundos. Para onde foram os cerca de 170 milhões de meticais? Das duas, uma: estes pseudo-peritos estão metidos no esquema ou há gente graúda nessa história!

OJM governando Cabo Delgado

Tudo indica que o Presidente da República, Filipe Nyusi, anda com os sentido embotados. Quando se espera dele uma atitude sensata no que diz a governação do país, eis o Chefe de Estado toma medidas hilariantes. O exemplo disso é a nomeação do antigo secretário da Organização da Juventude Moçambicana (OJM) na província de Maputo, um dos braços do partido Frelimo, para o cargo de governador da Província de Cabo Delgado. Nyusi trocou a Celmira da Silva por Júlio José Parruque. É, sem dúvida, uma grande estupidez colocar um indivíduo que vem da OJM a governar uma província estratégica para o desenvolvimento do país como é Cabo Delgado. A única experiência de destaque que o indivíduo tem é o facto de ter sido administrador do distrito da Matola. Enfim, é com cada Xiconhoquice!

Novela no Município de Nampula

A gestão do Município de Nampup la parece roteiro de uma novela mexicana, com cenas previsíveis. E tudo indica que esta novela está longe de chegar ao fim. Depois das cenas cómicas protagonizadas pelo demissionário Manuel Tocova, eis que o novo presidente interino do Conselho Municipal da Cidade de Nampula, Américo Iemenle, decidiu demitir os cinco vereadores e igual número de chefes dos postos administrativos municipais e nos seus lugares reconduziu os mesmos funcionários que tinham sido nomeados por Tocova, hoje acusado de posso ilegal de material bélico. O mais caricato é que Iemenle tomou posse numa cerimónia polémica, a qual dias depois foi declarada ilegal e sem efeito pelo Ministério de Administração Estatal e Função Pública. Definitivamente, o Município de Nampula está entregue a Xiconhocas.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!