Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhoquice do ano: Guerra

Xiconhoquices da semana: Funcionários públicos obrigados a participar na campanha eleitoral; Falta..

A guerra, veiculada por aqueles que se acham políticos quando são guerrilheiros amantes do derramamento de sangue, é, segundo a classificação dos leitores do @Verdade, uma das grandes Xiconhoquices do ano 2013.

É preciso olhar para os rostos das flores que nunca murcham para compreender que o solo desta pátria não precisa de mais sangue. O olhar cansado de uma anciã, que nos chega pelos ecrãs da Televisão Independente de Moçambique, lembra o quão triste foi a guerra dos 16 anos.

As perguntas que não querem calar, num rosto calejado pelo sofrimento, são eloquentes: “Ninguém se importa com o que se passa com os moçambicanos que vivem nesta parte do país, nem com as bombas que arrasaram as nossas casas, nem que voltem a morrer os nossos filhos.

Ninguém fez alguma coisa para impedir essas mortes , nem para nos ajudar a reerguer o que perdemos naqueles 16 anos de guerra”, dizia desesperada uma anciã que fugia do centro da tensão dirigindo-se a um destino incerto na cidade da Beira.

O estado de guerra que se vive no centro de Moçambique devido aos confrontos entre as Forças do Governo e homens da Renamo é, no mínimo, inaceitável. Nada justifica uma guerra.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!