Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhoquice do ano: Diálogo ainda sem consenso

Xiconhoquices da semana: Funcionários públicos obrigados a participar na campanha eleitoral; Falta..

Os leitores do @Verdade colocaram o diálogo ainda sem consenso como uma das grandes Xiconhoquices do ano, considerando que parece um evento de entretenimento, ora porque esse diálogo acontece em simultâneo com o derramamento do sangue do povo.

No diálogo do entretenimento, a única coisa que importa é a ausência de consenso. As rondas sucedem-se e o desfecho é sempre o mesmo: “não há acordo”. O que se devia fazer, uma vez que o consenso é uma espécie de terra de ninguém, é levar os altos dirigentes do Governo e os quadros superiores da Renamo para Sathunjira.

Os fundos desperdiçados nas irresponsáveis presidências abertas deveriam, por uma questão de interesse nacional, ser canalizados para a construção de um estádio com capacidade para 200 mil moçambicanos.

A ideia da construção de um estádio é necessária para que uma parte do povo moçambicano veja de perto a resolução dos diferendos entre o Governo e a Renamo numa troca de socos entre Guebuza e Dhlakama e os seus sequazes.

Só dirigentes do topo é que devem subir ao ringue para encerrar, com um gancho de esquerda, a xiconhoquice da ausência de consenso. É que não se pode brincar com coisas sérias. Uma luta corpo a corpo entre os líderes seria a forma mais honrosa de resolver o problema.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!