Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Julieta Carlos Simango, Guilherme Carica, EDM

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes xiconhocas na semana finda:

Julieta Carlos Simango

Há Xiconhocas e Xiconhocas. A senhora Julieta Carlos Simango é uma daquelas Xiconhocas que não cabe em nenhum rótulo. A cidadã em alusão, para satisfazer o seu capricho infantil, próprio de uma jovem mulher mimada, agiu de forma inescrupulosa. Numa atitude irresponsável, na madrugada de 15 de Janeiro, na Avenida 10 de Novembro, em Maputo, atropelou mortalmente uma pessoa, feriu gravemente outra, e ignorou-as como se nada tivesse feito de anormal. Julieta mostrou que é um perigo quando está ao volante, pois a sua insensibilidade é de bradar aos céus. Ela é, na verdade, uma Xiconhoca por excelência!

Guilherme Carica

Guilherme Carica é mais do que um Xiconhoca. É, na realidade, um monstro à solta. O indivíduo, sem nenhuma réstia de escrúpulos, foi capaz de, na passada quinta-feira (15), violar sexualmente a sua própria filha de apenas cinco anos de idade. Um ser humano que se comporta desta maneira só pode ser um Xiconhoca e não é por menos que os nossos leitores o elegeram como Xiconhoca da semana. Um indivíduo dessa estirpe não deve permanecer em liberdade e a circular pelas ruas da cidade como se de gente se tratasse.

EDM

Na semana passada, a Electricidade de Moçambique (EDM) fez toda a questão de vir a público divulgar os prejuízos causados pelas chuvas que abalaram a zona centro e norte do país. Esperamos que, a partir de já, passe a divulgar os lucros que a empresa ganha. Quando uma firma é incapaz de prover serviços com qualidade desejada e com eficácia, adopta sempre a frase: “Não posso dançar porque o chão está torto”, para justificar a sua fraqueza. O que os nossos leitores, sobretudo os do norte de Moçambique, gostariam de ver é a mesma rapidez que se tem ao anunciar os prejuízos no restabelecimento da corrente eléctrica. O presidente do Conselho de Administração, Gildo Abílio Sibumbe, tem sido o pivô da publicidade enfadonha que passava quase todos os dias na Rádio Moçambique.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!