Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Advogado envolvido em crime em Manica; Patrício Manhoso; Polícias que disparam contra cidadãos em greve

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguinte Xiconhocas na semana finda:

Advogado envolvido em crime em Manica

O advogado – se é que pode ser chamado de advogado – Cremildo Quembo é um Xiconhoca até à médula. Após ter sido detido por tentativa de suborno a um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM) e, posteriormente, solto, o indivíduo voltou às celas da PRM. Ele é indiciado de participação num caso que envolveu o uso de cheques sem provisão, na aquisição de duas viaturas. Enfim, uma vez Xiconhoca, sempre será Xiconhoca!

Patrício Manhoso

O indivíduo Patrício Manhoso é Xiconhoca da pior espécie e devia ser isolado do convívio em sociedade pela tamanha barbaridade que cometeu. O sujeito, movido pelo seu espírito animalesco,  tentou vender, em Tete, o seu próprio filho de cinco anos de idade. Manhoso exigiu, na primeira negociação com o suposto comprador de seu filho, 300 mil meticais, mas mais tarde baixou a proposta para 200 mil meticais. Ainda bem que o Xiconhoca encontra-se a ver o sol aos quadradinhos nas celas da Polícia da República de Moçambique.

Polícias que disparam contra cidadãos em greve

A greve é um direito de todos os cidadãos, mas parece que os energúmenos de que é constituída a nossa Polícia da República de Moçambique (PRM). Quando cidadãos decidem exercer o seu direito à manifestação, a Polícia tem o hábito de responder, atirando para matar contra os mo,cambicanos. A título de exemplo, na semana passada a Polícia disparou contra os trabalhadores da Vale, que um corte do bônus de remuneração variável. Xiconhocas!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!