Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhoca da semana: Novo director da EDM Nacala-Porto; Francisco Mabjaia; Hospital Rural de Monapo

Xiconhoca da semana: Mulher que trancou as filhas em casa e ateou fogo; Jorge Khalau prometeu...

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Novo director da EDM em Nacala-Porto

O novo director da Electricidade de Moçambique (EDM) em Nacala-Porto merece uma coroa de rei dos Xiconhocas por tamanha Xiconhoquice que protagonizou assim que assumiu as pastas. Naquela cidade portuária, dois postos de venda de energia eléctrica para os usuários do sistema de Credelec e o serviço de piquete funcionavam 24 horas por dia. Porém, não é que este Xiconhoca até à medula entendeu que deveria funcionar apenas um posto de venda até às 22 horas e o piquete até às 23 horas, prejudicando os munícipes? Sabe-se lá porquê!

Francisco Mabjaia

O presidente da Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB), Francisco Mabjaia, é daqueles Xiconhocas a quem não cabe nenhum adjectivo. É um exemplo acabado do fracasso em pessoa. Desde que assumiu a liderança da FMB, a modalidade caminha a passos largos para o abismo. Mas a sua veia de Xiconhoca veio ao de cima no “Afrobasket” de Abidjan, no Costa de Marfim, onde a selecção masculina ficou na inglória 11ª posição. Ao invés de dar apoio aos atletas, o dirigente baldou-se. Xiconhoca!

Hospital Rural de Monapo

O nível de insensibilidade que reina nas unidades sanitárias espalhadas pelo país é preocupante. Porém, a situação que se registou na vila de Monapo é bastante revoltante. É, na realidade, o reflexo da decadência da moral na nossa sociedade. Uma parturiente que em vida respondia pelo nome de Flora Felizardo morreu no Hospital Rural de Monapo, devido à negligência da equipa que estava de serviço. Ou seja, os profissionais de saúde abandonaram a vítima à sua própria sorte alegando o fim-de-semana. Bando de Xiconhocas!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!