Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhoca da semana: Condutores de chapa; Teodoro Waty; Armando Guebuza

Xiconhoca da semana: Mulher que trancou as filhas em casa e ateou fogo; Jorge Khalau prometeu...

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

 

Condutores de chapa

Mais uma vez, os condutores de viaturas de transporte semicolectivo de passageiros voltaram a demonstrar que a sua responsabilidade está, cada vez mais, a caducar. Além de serem conhecidos pelas suas ultrapassagens e travagens bruscas, eles são os principais responsáveis pelo sangue derramado nas estradas moçambicanas. A título de exemplo, por causa desse bando de Xiconhocas, 18 pessoas morreram em consequência de um acidente de viação, envolvendo “chapas” nos dias 17 a 25 de Março, no município de Maputo. Xiconhocas!

Teodoro Waty

Um verdadeiro Xiconhoca não se contenta com o bem-estar do povo. Na verdade, a sua principal característica é usar todos os meios possíveis ou ao seu alcance para descredibilizar os esforços de uma nação. Com a cara mais deslavada, o deputado da Frelimo, Teodoro Waty, veio a público dizer que não há motivos para as reivindicações contra o processo de revisão do Código Penal. Sem lhe retirar o mérito, resta-nos concordar com os nossos leitores: Teodoro Waty é um autêntico Xiconhoca!

Armando Guebuza

Geralmente, um Xiconhoca tem sérias dificuldades em reconhecer os seus erros. O Presidente da República, Armando Guebuza, é exemplo disso, ou seja, o nosso tão economicamente poderoso Chefe de Estado não se deu por vencido após receber duras críticas e prossegue, em lume brando e indiferente à opinião pública, com a sua campanha eleitoral antecipada a favor do candidato da Frelimo. Depois de promover a imagem de Filipe Nyusi na província de Niassa, num autêntico acto de ignorância, continua a fazer valer o seu título de Xiconhoca na província de Cabo Delgado, usando os meios do Estado.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!