Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vodacom apoia formação de professores e reabilita campos de jogos

A operadora de telefonia móvel Vodacom – Moçambique, em parceria com a Fundação Vodafone, está a implementar um projecto de capacitação de 188 professores do ensino primário e de reabilitação de infra-estruturas desportivas do Centro de Formação de Professores da Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).

Orçado em 3,6 milhões de meticais (cerca de 133 mil USD), o projecto que se enquadra no âmbito da responsabilidade social e apoio as comunidades, vai formar 188 professores, dos quais 104 do sexo feminino.

Um comunicado da Vodacom – Moçambique, dá conta de que esta iniciativa insere-se no âmbito da parceria estabelecida com a ADDP Moçambique (Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo), em solidariedade para com as acções de formação de educadores desta entidade.

Para José dos Santos, Presidente da Vodacom – Moçambique, “Somente com uma aposta séria e continuada na formação e no ensino é possível ganharmos a batalha do desenvolvimento e do conhecimento”.

“A Vodacom quer um Moçambique mais desenvolvido e moderno e com oportunidades para todos, e que a curto/médio prazo estejam efectivamente erradicadas as bolsas de pobreza ainda existentes ”, frisou José dos Santos.

A reabilitação dos campos de jogos vai beneficiar 11 escolas primárias que se situam ao redor do Centro da ADPP com cerca de 8 mil crianças no total.

Para além dos estudantes, os campos de jogos vão beneficiar os jovens da comunidade da Machava e do Infulene. Para a Vodacom a aposta na reabilitação de campos desportivos completos deve-se à necessidade de dotar o desporto escolar de condições para uma prática correcta.

Segundo dos Santos, o desenvolvimento do desporto escolar é essencial por ser onde nasce o gosto pela prática desportiva que leva milhares de jovens a apostarem no desporto como actividade complementar dos estudos.

A ADPP Moçambique é uma Organização Não Governamental (ONG) que desenvolve este tipo de trabalho no mercado moçambicano há mais de 20 anos e actua sob a tutela da ‘Human People To People’, uma instituição que suporta e apoia organizações como a ADDP em todo o mundo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!