Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vila do Milénio ainda é um sonho

Três anos depois do lançamento do programa Vilas do Milénio, a equipa técnica que integra os ministérios da Ciência e Tecnologia, da Agricultura, Saúde, Educação e Cultura, Administração Estatal, Mulher e Acção Social, Negócios Estrangeiros e Cooperação, ainda não definiu qualquer plano de actividade, embora com dinheiro disponível para a primeira fase do processo.

Técnicos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), entidade que coordena as actividades, alegam estarem, ainda, a fazer o levantamento das necessidades junto das próprias comunidades. Esta terça-feira, 7 de Julho, uma missão conjunta chefiada por Atsuko Negami, assessora para Cooperação Económica na Embaixada do Japão, e Antoine Bureau, representante da Organização Mundial de Saúde, em Moçambique, esteve no Posto Administrativo de Itoculo, distrito de Monapo, para, supostamente, se inteirar dos principais constrangimentos das populações para constarem da matriz das realizações a serem desenvolvidas nos próximos cinco anos.

Num encontro com os representantes sectoriais, alguns populares quiseram saber algo acerca do início programa, mas ninguém ousou a abrir a boca. Mesmo interpelado, depois, pelos jornalistas, o representante do Ministério da Ciência e Tecnologia manteve-se incomunicável.

O programa do governo moçambicano, que conta com a apoio de alguns organismos internacionais, dentre os quais se destaca o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Organização Mundial de Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para População.

Na primeira fase serão contemplados apenas três distritos, nomeadamente Chókue, Alto Molócuè e Monapo, nas províncias de Gaza, Zambézia e Nampula, respectivamente. Para aconcretizaçao do arranque do projecto, o Japão desembolsou seis milhões de dólares americanos destinados à edificação de várias infra-estruturas nos próximos dois anos e meio em três das onze vilas do milénio que o país se propõe implantar futuramente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!