Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vietnamita detido com sete cornos de rinoceronte

Pelo menos um cidadão vietnamita foi, Quarta-feira última, detido no Aeroporto Internacional de Maputo, na capital moçambicana, na posse de sete cornos de rinoceronte.

Trata-se de Dõan Minh, 41 anos de idade, que para além dos sete cornos, transportava, igualmente, três pulseiras de marfim.

As autoridades da agricultura estimam em pouco mais de dois milhões de USD o custo da mercadoria, tendo em conta que 100 gramas do líquido extraído do corno de rinoceronte chega a custar dois mil USD no mercado asiático.

O líquido é supostamente usado na medicina como afrodisíaco. A edição desta Quinta-feira do jornal “O País”, editado em Maputo, escreve que o produto foi retirado quase no avião, pois o suposto traficante já havia ultrapassado todos os esquemas de segurança aeroportuária.

As autoridades alegam que o papel aderente que cobria a mercadoria ajuda a que certa mercadoria passe despercebida quando introduzida nos “scanners”.

Além disso, Dõan Minh isolou a mercadoria com fitas e plásticos transparentes. Uma outra artimanha por ele usada foi embalsamar os cornos com alho, para reduzir a intensidade do cheiro.

De facto, o vietnamita foi detido já na sala de embarque do Aeroporto Internacional de Maputo, quando se preparava para rumar no voo da Kenya Airways.

Dõan Minh disse que a mercadoria pertencia ao seu director-geral. Não foi avançado o nome do suposto director, bem como a empresa a que pertence.

O suposto traficante deveria chegar hoje à capital do Vietname, Hanoi, obedecendo a rota Maputo – Nairobi/ Nairobi – Bangkok/ Bangkok – Hanoi.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!