Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Verónica Macamo recebeU Alto-Comissário da Grã-Bretanha

A Presidente da Assembleia da República (AR), Verónica Macamo, recebeu, na quarta-feira, em Maputo, em audiência o Alto Comissário Britânico em Moçambique, Shaun Cleary, para juntos debaterem o projecto que a Westminster Foundation for Democracy (WFD) está a desenvolver junto do parlamento moçambicano e avaliar o estágio actual da cooperação existentes entre os dois países.

Falando a imprensa no termino do encontro, Cleary assegurou que as relações entre os dois países são das melhores, tendo sublinhado o desejo do seu país em unir forças com Moçambique no sentido de partilhar conhecimentos e experiências nas áreas política, financeira e de imprensa. “Estivemos a falar das excelentes relações entre os dois países e dos dois parlamentos, neste encontro sublinhei o nosso desejo em unir forças com o vosso país na condução dos projectos da WFD do Reino Unido com a finalidade de partilhar experiências no âmbito político, finanças e imprensa”, disse Cleary.

Cleary aproveitou a ocasião para endereçar o seu convite aos deputados do CPA a visitarem o Reino Unido, ainda neste ano, que se enquadra na prossecução dos objectivos das duas partes, que é a troca de experiência em matéria parlamentar. Por seu turno, Macamo reiterou a necessidade de se aprofundar a troca de experiências em matéria parlamentar com a Grã-Bretanha, “apesar de eles possuírem duas câmaras distintas”.

“Vimos que é necessário aprofundar a troca de conhecimentos e experiências em matérias parlamentares com a Grã- Bretanha, é verdade que eles têm duas Câmaras, a dos Comuns e a dos Lordes, mas em termos de experiência parlamentar há muita coisa que se pode aprender e eles também podem aprender connosco”, disse Macamo. Ela aproveitou a ocasião para endereçar um convite aos seus homólogos britânicos para visitarem a “Casa do Povo”.

De referir que a AR e a WFD rubricaram a 3 de Março do corrente 2010, em Maputo, um memorando de entendimento no qual a WFD comprometese a apoiar o parlamento moçambicano na capacitação dos seus quadros, principalmente na área da gestão parlamentar, fiscalização financeira e acesso à informação.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!