Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vendaval destrói tectos de escolas

Um vendaval, acompanhado de chuvas, destruiu no último domingo os tectos de quatro escolas construídas com material não convencional, no distrito de Chibabava, no sul da província de Sofala.

De acordo com o jornal Diário de Moçambique, citando o director do Serviço Distrital da Educação, Juventude e Tecnologia, Mouzere Alberto Manuel, o vendaval não causou vítimas humanas, visto que ocorreu cerca das 17,30 horas, altura em que as crianças já tinham saído.

Trata-se de três escolas da Zona de Influência Pedagógica de Hamamba, nomeadamente as EP1 de Chicuacha, Muconja e Hebwa, e da ZIP de Goonda, exactamente da Escola Primária Completa de Mutindiri. A fonte não precisou o número de alunos afectados pela situação, os quais estão a receber as aulas debaixo das árvores até que sejam reparados os estragos, cujo processo já iniciou, envolvendo as autoridades da Educação e das comunidades locais.

Mouzere explicou, ao jornal Diário de Moçambique, que logo que se constatou a destruição dos tectos por vendaval, equipas deslocaram-se ontem ao terreno para fazer a avaliação, exactamente para apurar o número de crianças atingidas pela situação, bem como os prejuízos provocados. A situação ocorre pela primeira vez este ano em Chibabava, distrito que possui 34 estabelecimentos de ensino construídos com material não convencional, segundo as palavras de Mouzere, que adiantou que no total existem 76 escolas, com 29.818 alunos da 1ª a 12ª classes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!