Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vale declara prejuízos devido a interrupção do escoamento de carvão

A companhia brasileira Vale anunciou a interrupção do escoamento de carvão da sua mina na província de Tete, centro de Moçambique, ao porto da Beira, devido ao corte da Linha de Sena em consequência das chuvas intensas que vêm caindo nos últimos dias.

Moçambique está a registar chuvas acima do normal desde Outubro último, que até agora provocaram a morte de 111 pessoas e a destruição de diversas infra-estruturas sociais e económicas. Desde o princípio deste mês, as chuvas começaram a cair de forma intensa nas regiões Centro e Norte do país.

Com isso, os investimentos da gigante mineira Vale não ficaram alheios aos prejuízos sobretudo porque a principal via utilizada pela companhia para o escoamento do carvão encontra-se interrompida, o que afecta o transporte do carvão.

“Até o momento, estimamos perda de cerca de 250.000 toneladas métricas no embarque de carvão metalúrgico”, indica o comunicado de imprensa da Vale recebido pela AIM, acrescentando que a empresa está a contactar com os clientes conforme os termos dos respectivos contratos.

Segundo a fonte, a empresa Portos e Caminhos de Ferro Moçambique (CFM), proprietária da linha Sena-Beira, está a tomar todas as providências necessárias para restabelecer o tráfego ferroviário e a situação deverá ser normalizada até o final deste mês.

Uma das maiores companhias mineiras do mundo, a Vale está presente em Moçambique desde os últimos anos, onde, dentre vários investimentos, está a explorar carvão do distrito de Moatize, na província de Tete, tendo iniciado as suas exportações em Agosto de 2011.

Em Tete também operam várias outras companhias mineiras, incluindo a anglo-australiana Rio Tinto, que, a semelhança da Vale, escoa a sua produção através da Linha de Sena.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!