Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Uma mulher e o HIV/SIDA”, da Record Moçambique, nomeada para prémio CNN

Duas peças: “Uma mulher e o HIV/SIDA” e “Saneamento no bairro 25 de Junho”, assinadas por Sérgio Sitoe, jornalista da Record Moçambique, foram nomeadas para o prémio CNN Multichoice African Journalism Awards 2010.

As duas peças sobre uma mulher portadora de HIV/SIDA e o saneamento do meio, emitidas em 2009 pela Record Moçambique, antiga Televisão Miramar, estão nomeadas para o grande prémio de televisão do canal de notícias internacionais CNN, no contexto africano. “Uma mulher e o HIV/SIDA” fala das consequências decorrentes da doença em Moçambique. Em dois minutos, Sérgio Sitoe, com imagens de Justino Paulino, narra a história de uma mulher que contraiu o vírus do SIDA por ter sido violada sexualmente por oito homens.

No entanto, o sofrimento retratado em 120 segundos não se esgota nas consequências físicas da doença, torna-se mais grave pela pobreza e pelo estigma. A peça sobre o saneamento do meio, com imagens de Justino Paulino, dá conta, por sua vez, dum problema comum aos bairros periféricos da cidade de Maputo: a inexistência e/ ou ineficácia de um sistema de drenagens de águas pluviais do Maputo profundo.

O prestigiado órgão de informação seleccionou para a final trabalhos de 27 jornalistas de um total de pouco mais de 400 concorrentes. Refira-se que, Sérgio Sitoe, profissional de comunicação há 11 anos, com a presente nomeação irá participar entre 26 e 29 de Maio, num programa de finalistas que consistirá em actividades de interacção e troca de informações e um workshop na capital Ugandesa, Kampala.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!