Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Turquia 2014: novo duplo-duplo de Leia não chega para “samurais” vencerem a França

Basquetebol: Leia Dongue é carta fora da selecção para Nazir Salé

Leia Dongue voltou a tentar carregar “samurais” no Campeonato do Mundo de Basquetebol seniores femininos, que decorre na Turquia, mas o seu duplo-duplo de 11 ressaltos e 18 pontos não foi suficiente e a selecção de Moçambique foi derrotada pela França, na tarde deste domingo(28). Com esta segunda derrota as nossas meninas ocupam a última posição do grupo B e estão praticamente eliminadas do torneio.

A selecção francesa que vinha de uma derrota diante da Turquia entrou forte e procurando cedo resolver o jogo à seu favor, rapidamente fizeram 8-0. Mas nas nossas guerreiras não se deram por vencidas e reduziram a desvantagem para 13-10. Contudo a França, 4ª no ranking da FIBA, fechava bem na defesa e com a pontaria acertada alargou a vantagem e venceu o 1º período por 20-13.

A nossa selecção acusou a pressão, sucederam-se os bloqueios no garrafão francês, o jogo interior funcionava, e para além dos cestos de dois que não aconteciam os lançamentos triplos também não entravam. Rute Muianga, que na estreia foi perfeita com 100% de aproveitamento nos triplos, apenas conseguiu marcar um dos três que tentou. No 2º período as “samurais” apenas marcaram 8 pontos e foram para o intervalo a perder 47-21.

Depois do descanso as “samurais” continuavam perdidas na quadra e além de defender mal o ataque não saía somando um total de 21 turnovers. Do outro lado a França aumentava a sua vantagem que no final do 3º período chegou a 40 pontos. O aproveitamento de lançamentos de dois pontos, por Moçambique, foi ainda pior do que na estreia apenas 26,5%.

O último período começou com um triplo de Anabela Cossa e, aproveitando o desacelerar da França, que já deveria estar a preparar a decisão do apuramento frente ao Canadá, as “samurais” somaram mais alguns pontos com destaque para mais um triplo desta vez de Cátia Halar. Destaque ainda para a nossa capitã, Deolinda Ngulela, que com muita raça procurou organizar o jogo e ainda somou 10 pontos, esteve perfeita na linha de lances livres.

No final 89-45 foi o resultado que deixa a nossa selecção com apenas 2 pontos e na última posição contudo para a estrela mais brilhante entre as “samurais” estar neste Mundial “é uma experiência incrível” e a realização de um sonho “jogar contra atletas que actualmente me inspiram a continuar a jogar basquetebol”.

Nesta terça-feira(30) as “samurais” enfrentam a Turquia, naquela que deverá ser a sua última partida na prova.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!