Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tunísia encerra fronteira terrestre com Líbia devido às eleições

As autoridades tunisinas decidiram, quinta-feira (23), encerrar, devido às eleições, as passagens fronteiriças de Ras Jedir e Dehiba entre a Tunísia e a Líbia, de 24 a 26 de Outubro corrente, salvo para a circulação de equipas diplomáticas e para os casos urgentes.

O Ministério tunisino dos Negócios Estrangeiros precisou que as pessoas autorizadas a passar pelos dois terminais fronteiriços são os cidadãos tunisinos que se encontram na Líbia e que queiram regressar ao seu país, os líbios que desejem voltar ao seu país, os diplomatas tunisinos, as delegações oficiais e os casos de urgência.

Esta decisão foi tomada pela Comissão de Crise do Governo encarregada do acompanhamento da situação de segurança nas vésperas das eleições de próximo domingo na Tunísia.

Ela surge depois dos confrontos que opuseram, quinta-feira, as forças da ordem a presumíveis terroristas nos arredores de Túnis e que causaram a morte de um gendarme atingido na cabeça por um tiro.

Os supostos terroristas, que sequestraram duas crianças e mulheres, continuavam escondidos na noite da quinta-feira numa casa cercada desde a manhã por um forte dispositivo de segurança, depois da sua recusa de se render e libertar as reféns.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!