Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tudo pronto para festa da Independência

Tudo pronto para festa da Independência

A Comissão Interministerial para Grandes Eventos Nacionais e Internacionais (CIGENI) considera estar tudo a postos para a celebração, no próximo dia 25 de Junho corrente, dos 35 anos da independência de Moçambique. Foi precisamente no dia 25 de Junho de 1975 que Moçambique proclamou a sua independência nacional, acto que oficializou o fim dos cerca de 500 anos da dominação colonial portuguesa.

 

As autoridades moçambicanas estão determinadas a celebrar esta data com pompa e circunstância, envolvendo a participação massiva de todos os moçambicanos e alguns convidados de países vizinhos e amigos.

As cerimónias centrais desta data, a ser celebrada sob o lema “35 anos da Independência: Unidos na luta contra a pobreza- 3 gerações, um só Povo, uma só Nação”, terão lugar em Maputo, a capital do país, mas com réplica em todas outras províncias.Cerca de 2.500 pessoas deverão participar em todos momentos do evento, nomeadamente a de deposição da coroa de flores no monumento dos Heróis moçambicanos, cerimónia oficial na Praça da Independência e na recepção oferecida pelo Chefe do Estado, Armando Guebuza, no Palácio da Ponta Vermelha.

Entre os convidados constam os monarcas do Lesotho e Swazilândia (os reis Letsie III e Mswati III), os Presidentes do Botswana, Zimbabwe e do Zanzibar, antigos estadistas da Africa do Sul, Botswana, Namíbia, Zâmbia e Tanzânia, bem como representantes de diversos países vizinhos e amigos como Angola, Malawi, Maurícias, Namíbia e Portugal.

“Estamos todos prontos para a realização destas celebrações do dia da independência”, disse Teresa Monteiro, coordenadora do secretariado da CEGENI, que falou na quarta-feira em Maputo durante a conferência de imprensa destinada a dar o ponto de situação dos preparativos deste evento.

Monteiro disse que alguns desses convidados chegam ainda na quarta-feira a Maputo e outros poderão desembarcar durante quinta-feira. Dentre vários momentos, o programa da Praça da Independência inclui o disparo de 21 salvas de canhão, a recepção, pelo Chefe do Estado, da tocha da Chama da Unidade, apresentação de discursos e um mega espectáculo, em que vão desfilar inúmeros artistas locais e provenientes de diversos pontos do país. Recorde-se que a Chama da Unidade a ser recebida pelo Presidente Armando Guebuza foi acesa no passado dia 7 de Abril em Nangade, província de Cabo Delgado.

Agora já percorreu todas as 10 províncias do país, estando agora a circular pelos distritos municipais da cidade capital.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!