Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tropas de Kadhafi rechaçam rebeldes e param avanço a Sirte

Forças terrestres leais ao líder líbio, Muammar Kadhafi, apoiadas por aviões de guerra, rechaçaram os rebeldes da cidade costeira de Bin Jawad no domingo, para parar o seu avanço à cidade de Sirte. Um combatente, que voltou ferido de Bin Jawad para Ras Lanuf, que ainda está nas mãos dos rebeldes, disse que apoiadores de Kadhafi haviam emboscado os rebeldes com metralhadoras e lançadores de granadas.

Ao ser perguntado sobre o que havia visto, ele respondeu: “”Morte”. Atormentado e enfaixado, ele não disse mais nada. Na cidade de Benghazi, tomada pelos rebeldes, uma fonte do movimento rebelde disse que eles haviam capturado “alguns soldados das forças especiais Britânicas” que estavam “a salvo e em boas mãos”.

Mais cedo, o ministro de defesa britânico disse que uma equipe diplomática do Reino Unido estava em Benghazi. Os rebeldes haviam tomado Bin Jawad, a 160 km de Sirte (cidade natal de Gaddafi), no sábado, mas mais tarde se retiraram, o que levou unidades do exército a ocuparem residências locais e a posicionar atiradores de elite e obuses para fazer uma emboscada que forçou a retirada dos rebeldes de volta a Ras Lanuf.

“É um luta muito violenta, como no Vietnam”, disse à Reuters Ali Othamn, um combatente rebelde. “Todo tipo de arma está a ser usado. Recuamos de uma emboscada e vamos reagrupar-nos.” “As forças de Kadhafi atacaram com aviões e atiraram de cima das casas”, disse Ibrahim Boudabbous, um combatente que participou do avanço rebelde. Médicos e outros funcionários do hospital Ras Lanuf disseram que duas pessoas morreram e 22 feridos haviam chegado ao hospital dos confrontos em Bin Jawad.

Testemunhas disseram que havia muitos mortos e feridos, incluindo civis, que não podiam ser resgatados devido aos combates.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!