Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Travessia do Mediterrâneo matou 400 refugiados em Outubro

Cerca de 400 refugiados e imigrantes perderam a vida na tentativa de atravessar o Mar Mediterrâneo em Outubro, e apenas nos três primeiros dias de Novembro 18 morreram durante a travessia, segundo os últimos dados disponíveis da Organização Internacional de Migrações (OIM).

Este novo dado eleva o número de pessoas que morreram a tentar chegar à Europa por mar em 2015 a 3.406. As mortes no Mediterrâneo representam mais de 72% do total de migrantes mortos no mundo neste ano.

O número foi divulgado semana finda, um dia depois da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) ter alertado que no mês de Outubro o número de refugiados e imigrantes que cruzaram o Mediterrâneo superou o total acumulado até Setembro.

Das 218 mil pessoas que realizaram a travessia marítima para chegar à Grécia, Itália e Espanha em outubro, cerca de 28 mil migraram no último fim de semana, apesar da contínua pioria do tempo e, por consequência, o aumento dos riscos.

Na semana passada, a guarda costeira grega registou sete naufrágios de embarcações precárias, dos quais foram recuperados 106 corpos sem vida, já que o restante dos ocupantes seguem em paradeiro desconhecido.

Esse fluxo crescente eleva o número total de pessoas que chegaram ao continente europeu pelo Mar Mediterrâneo para 760.979, segundo os últimos dados disponíveis.

O porta-voz da OIM, Joel Millman, afirmou que a organização espera que o mau tempo abrande o trânsito por essa via marítima. Questionado sobre a possibilidade dos fluxos não reduzirem e o número de refugiados que che

garam à Europa alcançar um milhão neste ano, Millman alertou que não é possível fazer prognósticos, mas alertou que devido à pioria das condições climáticas, o risco de um aumento das mortes seria exponencial.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!