Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Trabalhadores do G4S alcançam acordo com patronato

Os trabalhadores da empresa multinacional G4S (Group 4 Securicor) e a respectiva entidade patronal chegaram a acordo em relação ao litígio que os opunha entre si sobre o pagamento de horas extras na firma e, desta forma, afastando a hipótese de recorrerem à greve.

Segundo um comunicado do Ministério moçambicano do Trabalho (MITRAB), as partes chegaram ao entendimento, Sexta-feira última, sendo que o mesmo tem efeitos imediatos. “Sob a mediação do Ministério do Trabalho, as duas partes, e não obstante ainda não existir um posicionamento definitivo sobre o trabalho suplementar efectivamente realizado pelos trabalhadores, assinaram um memorando de entendimento estabelecendo que a empresa G4S pague, até ao dia 30 de Junho de 2009, as 43 horas suplementares por cada mês de trabalho, referentes ao período de 01 de Janeiro de 2009 a 30 de Junho de 2009”, refere o comunicado.

Os trabalhadores e o patronato consideraram que esta é uma solução provisória para o primeiro semestre do ano em curso, tendo se comprometido a continuar, à luz do presente memorando, a discutir a questão do trabalho suplementar e outras questões que afectam as empresas de segurança privada, com o envolvimento de todas as instituições que operam neste tipo de empresas, dos representantes dos trabalhadores e do Governo.

Os trabalhadores já aceitaram receber os valores acordados no memorando, embora defendendo que tinham a receber mais que 43 horas, tudo isto de forma a permitir que a empresa pague efectivamente os retroactivos até ao próximo dia 30 de Junho.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!