Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tete afectada pela fluorose dentária

A Província de Tete, Centro-noroeste de Moçambique, está a registar casos significativos de fluorose dentária, uma doença da boca que se manifesta pelo escurecimento dos dentes.

Segundo Neide Duarte, especialista em medicina dentária ao serviço da Universidade do Zambeze (UNIZAMBEZE) e do Hospital Provincial de Tete, por causa da fluorose, os dentes se apresentam acastanhados. A fluorose é causada pela consumo e/ou utilização para a limpeza bucal de água com elevado teor de flúor, segundo explicou Duarte. Nesse âmbito, os especialistas da UNIZAMBEZE, em parceria com as autoridades de saúde e outras entidades ligadas a aguas no país vão pesquisar o nível de flúor na água que se utiliza em Tete para aferir se está ou não dentro dos parâmetros normais.

Duarte revelou que em 1975 foi realizado um estudo na água que se consome em Tete e verificou-se que a mesma contém um nível de cinco milhões de partes por milhões (PPM, unidade usada para medir a presença flúor) de flúor, uma quantidade muito acima do recomendável. “O estudo é muito antigo e não sabemos qual é a situação real neste momento. O facto é que naquela altura o nível de presença do flúor era muito alto, para além dos parâmetros recomendáveis. Nas nossas consultas temos estado a registar casos de fluorose dentária e por causa disso queremos fazer um estudo juntamente com o FIPAG (Fundo de, águas de Moçambique, e outras autoridades”, referiu a fonte.

A fluorose é tratável, mas o tratamento não está disponível no país por ser considerado muito caro. Segundo a fonte, “neste momento, muitas pessoas afectadas recorrem ao clareamento/branqueamento dos dentes para devolver a estética dos próprios dentes e do rosto”.

Enquanto o tratamento não estiver a disposição, o esforço deve ser empreendido na prevenção e tal é possível com a redução do nível de flúor na água. “Temos que verificar na realidade qual é o nível de flúor existente na água e quais as causas. Quanto mais exposta estiver a pessoa ao consumo ou utilização de água com elevado teor de flúor, maior é a probabilidade de desenvolver a fluorose.

O período de formação dentária é também determinante no desenvolvimento da fluorose”, indicou Neide Duarte. A pesquisa deverá iniciar a qualquer momento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!