Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

Sul de Moçambique terá falta de chuva de Janeiro a Março

O Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) disse ao @verdade, esta quinta-feira (03), que as províncias de Maputo, Gaza e Inhambane, no Sul de Moçambique, irão enfrentar falta de chuva de Janeiro a Março deste ano, devido a uma frente quente que assola o país nos últimos dias e à fraca precipitação.

No território nacional o período chuvoso ocorre de Outubro a Março do ano seguinte, segundo o meteorologista Arlindo Meque.

Explicou-nos também que há previsão de ocorrência de alta precipitação nas bacias do Zambeze e Massalo, e média nos rios Save, Púngué, Búzi e Licungo.

O contrário irá acontecer no Sul do país, que vai enfrentar seca. Nas palavras de Arlindo Meque, a abundância da chuva far-se-á sentir nas províncias de Manica, Sofala, Tete, Zambézia e Cabo Delgado.

De acordo com ele, a seca está associada à escassez de precipitação na região da África Austral, incluindo Moçambique, o que concorre para o surgimento do ciclone “El Niño”. Este poderá fustigar alguns países vizinhos.

Refira-se que seca no país já começou a ter efeitos críticos na província de Maputo, principalmente nos distritos de Magude, Moamba, Namaacha e Matutuine, onde cerca de duas mil pessoas estão a enfrentar a crise de água para consumo por causa da falta da chuva.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!