Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Suécia corta apoio a Moçambique

A Suécia acaba de anunciar o corte em cerca de cinco milhões de dólares norte-americanos o seu pacote de apoio a Moçambique para este ano, por razões não invocadas por aquele país membro do Grupo de 19 parceiros internacionais de cooperação com Moçambique, mais conhecido por G-19.

Os desembolsos deste ano deverão ser de 40 milhões de dólares norte-americanos, segundo anúncio do Governo daquele país nórdico feito junto aos restantes membros do grupo, vincando, contudo, que vai continuar a prestar assistência técnico-financeira a Moçambique por considerar de “satisfatória” a forma como os fundos externos estão a ser usados no país.

A Suécia continua a eleger a Boa Governação, Justiça e combate à Corrupção como áreas determinantes nas acções conducentes à redução da pobreza absoluta por serem consideradas de “prioritárias” pelo Governo de Armando Guebuza.

Electrificação rural, agricultura, combate ao HIV/ SIDA e fortalecimento da sociedade civil são outras áreas cobertas pelo apoio sueco, de parceria com o fortalecimento do sector privado e melhoramento da capacidade de fiscalização do programa do Governo pela Assembleia da República (AR).

“Reduzir a pobreza absoluta, promovendo um desenvolvimento socioeconómico sustentável e a democracia multipartidária é o que a Suécia aposta alcançar em Moçambique”, segundo anota a Embaixada daquele país em Maputo em comunicado apresentado ao G-19.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!