Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sucesso nos resultados eleitorais determina presidência aberta

Os êxitos obtidos nos resultados eleitorais de 2008 pelo partido Frelimo e seu candidato, Armando Emílio Guebuza, são considerados factores determinantes da próxima presidência aberta e inclusiva que irá contemplar determinadas regiões do país, segundo anunciou, esta quinta-feira, fonte do governo da província de Nampula.

Reunido na sua terceira sessão ordinária, o governo provincial revelou ter recebido um ofício do Ministério da Administração Estatal (MAE), solicitando a proposta dos distritos a serem visitados pelo Chefe de Estado, a partir do segundo trimestre, na provincia de Nampula.

Dentre os vários critérios de selecção, o MAE definiu a necessidade de se destacarem regiões que não foram visitados pelo Presidente Guebuza nos últimos três anos; ter alcançados bons resultados nas últimas eleições presidenciais, comparativamente a anteriores pleitos eleitorais, tendências de fraco nível de desenvolvimento e crescimento económico e ter empreendimentos que pela sua natureza podem ser inaugurados pelo Chefe do Estado.

Em consequência, foram previlegiados os distritos de Murrupula, Ribáuè, Muecate, Memba e Ilha de Moçambique. Embora a agenda da visita presidencial não tenha sido ainda definida detalhadamente, a proposta mereceu a aprovação unânime dos membros do governo provincial.

Entretanto, Wamphula Fax apurou que o Presidente Armando Guebuza vai escalar em Murrupula, o posto administrativo de Nihessiue; em Ribáuè, o posto administrativo de Iapala e a localidade de Riane; em Muecate, o posto administrativo de Imala; na Ilha de Moçambique, o posto administrativo de Lumbo, enquanto em Memba visitará a própria vila-sede distrital.

De referir que a sessão debruçouse, ainda, sobre o balanço do PES/2010 e o ponto de situação do PES/2011 dos distritos de Murrupula e Mecubúri, para além de ter apreciado o processo de distribuição do livro escolar e da contratação de professores.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!