Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Software de contagem de votos montado até dia 22 de Outubro

O Software de contagem de votos, aprovado recentemente pelos órgãos eleitorais de Moçambique, será montado nas Comissões Provinciais de Eleições até o dia 22 do corrente mês, revelou a imprensa o director de organização de processos eleitorais no Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), Mário Ernesto. Entretanto, antes da montagem, técnicos de informática dos órgãos eleitorais ao nível das províncias virão a Maputo para se familiarizarem com o sistema.

“O software de contagem de votos foi aprovado na semana passada pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), e na próxima semana, os técnicos de informáticas dos STAE provinciais vem a Maputo para se familiarizarem com o sistema para depois irem instalar nas províncias até quinta-feira, 22 de Outubro”, disse.

Ernesto fez estas declarações na sexta-feira depois do encontro do STAE com os 20 observadores da Comunidade para o Desenvolvimento da Africa Austral (SADC), para dar a conhecer o processo eleitoral em curso no país. No referido encontro, Ernesto revelou que o software será usado apenas a partir da província e ao nível central. Assim, os distritos vão fazer a contagem manual dos votos, enquanto que as províncias terão de fazer uma contagem mista (manual ou electrónica).

“A província faz a conferência dos dados fornecidos pelos distritos e depois terá de sistematizar electronicamente para verificar se os mesmos estão correctos. Portanto, nas províncias vai se fazer a contagem manual e depois electrónica. Mas já ao nível central vamos fazer contagem electrónica, porque a medida que recebemos os dados das províncias introduzimos no sistema electrónico”, explicou. Ernesto enfatizou a importância da contagem electrónica dos votos, tendo referido que “este software é um instrumento de controlo para evitar erros registados nas eleições de 2004, nalgumas províncias”.

A contagem informática ajuda a ter resultados mais fiáveis e “exactos”, uma vez que o sistema é montado de tal forma que chega a rejeitar os editais que apresentarem um número superior ao de pessoas registadas num determinado caderno eleitoral, entre outros dados que tenham sido eventualmente alterados.

Depois da votação, a 28 deste mês, seguir-se-á a contagem dos votos ao nível distrital, depois provincial e por fim conferidos e requalificados pela CNE. Desta feita, os resultados das quartas eleições gerais e primeiras para as Assembleias Provinciais serão conhecidos até ao dia 12 de Novembro próximo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!