Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sofala candidata-se a beneficiar de investimentos privados alemãos

A missão empresarial alemã, que deslocou-se à cidade da Beira, esta Terça-feira, 11 de Outubro, transmitiu boas impressões pelas potencialidades que a província de Sofala dispõe para atrair investimentos, particularmente nas áreas de seu interesse, nomeadamente Minas, Energia e Infra-estruturas.

A missão, composta por sete investidores, esteve na Beira para pesquisar oportunidades de investimentos naqueles três sectores de actividade económica.

“Eles gostaram muito de ter visitado o Porto e também da informação que receberam sobre os caminhos de ferro” – referiu Emiliano Américo Bento, delegado do Centro de Promoção de Investimentos (CPI) em Sofala, recordando o interesse em relação àqueles empreendimentos era avaliar o seu potencial.

Do encontro que mantiveram com as autoridades governamentais em Sofala, a Secretária Permanente da Província, Elisa Somane, encorajou-os a voltarem para concretizar o objectivo que os levou a deslocarem-se a este ponto do país.

Depois da Beira, a missão partiu para Tete, com o mesmo objectivo de pesquisar oportunidades de investimentos. De referir que esta é a primeira missão empresarial alemã que se deslocou à província de Sofala sob coordenação do CPI.

ACIS boicotou e CMB não confirmou

Entretanto, segundo O Autarca, não foi possível a missão empresarial alemã que se deslocou à cidade da Beira interagir com a Associação Comercial e Industrial de Sofala (ACIS), por esta ter boicotado o encontro apesar de previamente ter confirmado.

O encontro havia sido confirmado para as 17:00 horas na Associação Comercial da Beira (ACB), a missão empresarial alemã cumpriu o programado mas a referida hora e no local acordado não se fez presente nenhum membro da ACIS.

Por seu turno, o Conselho Municipal da Beira não confirmou a solicitação de encontro feita pela missão, perdendo-se uma oportunidade para atrair investimentos para a urbe.

A Alemanha é um dos paises economicamente mais fortes do mundo e a sua gente é reconhecida pelo alto sentido de responsabilidade e seriedade. A cidade da Beira é carente de investimentos sérios, que permitam revolucionar a situação sócio-económica local.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!