Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sobe para 50 óbitos vítimas da epidemia de meningite no Gana

Ascendeu a 50 o número de pessoas que morreram devido a epidemia de meningite de pneumococo no Gana, anunciou o ministro da Saúde, Alex Segbefia, precisando que 246 casos foram registados nas províncias de Brong Ahafo, Ashanti, Upper West e Upper East.

O governante ganense prometeu ao Parlamento fazer uma nova avaliação na próxima semana. Segundo o jornal « The Graphic », face ao aumento do número de mortes, a Organização Mundial da Saúde (OMS) interveio para ajudar as autoridades sanitárias ganenses a colocar a epidemia sob controlo.

Estas últimas recomendam à população evitar as concentrações e os contactos com as pessoas infetadas. Quem se sentir mal, quer sentindo uma dor e uma rigidez na nuca, que são os sintomas da doença, deve deslocar-se rapidamente a uma infraestrutura sanitária, indicou.

“A doença surge bruscamente e progride rapidamente de modo que as pessoas devem dirigir-se para as estruturas de saúde logo que tiverem dores”, aconselha Emmanuel Amoha, director adjunto para os Tratamentos Clínicos na Direcção da Saúde da Província Oriental.

Ele recomenda à população lavar regularmente as mãos com sabão e utilizar lenços para cobrir a boca quando tossirem, entre outras medidas visando impedir a propagação da meningite.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!