Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sudão abre fronteira com Sudão do Sul pela primeira vez desde separação em 2011

O presidente do Sudão, Omar Hassan al-Bashir, ordenou a abertura das fronteiras de seu país com o Sudão do Sul pela primeira vez desde a separação dos Sul em 2011, abrindo caminho para uma melhor relação económica entre os dois países.

A fronteira estava fechada desde 2011, quando as relações se deterioraram após o Sul se separar em seguida a uma longa guerra civil. O Sudão do Sul ficou com 75 por cento da indústria do petróleo, cujas reservas comprovadas são estimadas em 5 biliões de barris, de acordo com uma agência de energia dos EUA.

“O presidente Omar al-Bashir emitiu hoje um decreto ordenando a abertura das fronteiras com o Estado do Sudão do Sul, e ordenou que as autoridades responsáveis tomem todas as medidas exigidas para implementar a decisão em campo”, informou a agência de notícias estatal Suna, na quarta-feira. Michael Makuei Lueth, porta-voz do governo do Sudão do Sul, disse que a reabertura da fronteira vai impulsionar os laços comerciais.

“Esse é um passo positivo na direcção certa, porque é o que vai levar à normalização de nossas relações com o Sudão”, disse ele à Reuters.

Cartum acusa Juba, capital do Sudão do Sul, de apoiar uma rebelião na região de Darfur, assim como diferentes mas relacionadas insurgências nas regiões do Nilo Azul e de Kordofan do Sul. O Sudão do Sul nega as acusações.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!