Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

SNJ financia cobertura eleitoral

O Sindicato Nacional dos Jornalistas (SNJ) em parceria a UNESCO disponibilizou um milhão de Meticais aos órgãos de informação públicos e privados para a cobertura das quartas eleições gerais e das primeiras para as assembleias provinciais de 28 de Outubro próximo. Os valores disponibilizados beneficiam os órgãos de comunicação social tanto privados como públicos, nomeadamente o jornal “Noticias”, Diário de Moçambique, Rádio Moçambique, TVM, Público, Zambeze, Magazine Independente, Savana, Verdade, Wamphulafax e o Autarca, estes dois últimos baseados em Nampula e Beira, respectivamente.

Os fundos para cada órgão beneficiário variam de 50 mil a 150 mil Meticais, segundo o número de jornalistas que cada órgão tiver para a cobertura do processo eleitoral. O financiamento não contempla todos os órgãos de informação porque, segundo o Secretário-geral do SNJ, Eduardo Constantino, “o Sindicato não dispõe de recursos satisfatórios”.

Constantino disse ainda que cada órgão de comunicação social beneficiário dos fundos deverá, no final de todo o processo, apresentar um relatório do justificativo da utilização do valor recebido.

O jornalista do semanário “Savana”, Fernando Gonçalves, agradeceu a iniciativa que, segundo ele, “irá minimizar o problema financeiro que alguns órgãos enfrentam neste processo eleitoral em curso no país”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!