Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sete pessoas hospitalizadas depois do incêndio na Fórmula 1

Sete pessoas foram levadas para o hospital, e 31 foram atendidas por médicos no circuito, depois dum incêndio na garagem da Williams que começou enquanto a equipe da Fórmula 1 celebrava a sua primeira vitória em quase oito anos no Grande Prémio da Espanha, Domingo.

O fundador e dono da equipe Frank Williams, que usa cadeira de rodas, estava na garagem do Circuito da Catalunha quando o fogo começou, mas saiu em segurança, disse a sua filha Claire à Reuters.

O incêndio foi combatido por funcionários da Williams, da Caterham e da Force India, antes de os bombeiros chegarem.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) disse num comunicado que todos, a não ser sete dos 31 membros que foram ao centro médico do circuito, tinham sido libertados.

Os sete foram transferidos para hospitais locais para tratamento. A Williams disse que o fogo foi “originado da área de combustível” e que três membros da sua equipe estavam no hospital.

A Caterham, que tem uma garagem vizinha à Williams, afirmou num comunicado que quatro membros da equipe foram levados para o centro médico para exames, um com um pequeno ferimento e três com problemas respiratórios.

O dirigente máximo da Force India Bob Fernley disse que um membro da equipe inalou a fumaça.

O fogo, com uma fumaça preta espessa e esvoaçante a sair da garagem e a espalha-se pelo paddock, começou cerca de 90 minutos depois do final da corrida vencida pelo venezuelano Pastor Maldonado.

Os membros da equipe reuniram-se para uma foto no pit lane antes de o incêndio começar. As fotografias mostraram o carro do brasileiro Bruno Senna carbonizado no meio da garagem. O de Maldonado tinha sido estacionado noutro lugar, de acordo com o regulamento de pós-prova.

Os serviços de emergência chegaram depois de os mecânicos de várias equipes terem lutado contra as chamas com extintores que estavam ao lado do pit lane.

Os Funcionários das equipes e os convidados foram conduzidos para uma área segura e isolada. Um helicóptero médico foi visto a tirar-lhes mais tarde.

A vitória de Maldonado, desde a pole position, foi a primeira da sua carreira. O incêndio foi o segundo na Fórmula 1 em cinco corridas, este ano, depois do que ocorreu na recepção da Lotus no circuito da Malásia, em Março.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!