Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sete membros da FRELIMO vão responder em tribunal

Sete membros do partido Frelimo, no distrito de Murrupula, poderão, a qualquer altura, responder em Tribunal por terem sido surpreendidos em flagrante a destruir panfletos da Renamo naquele distrito. A Renamo, através do seu gabinete provincial de eleiçoes já abriu um auto, com o número 06/09, movido contra Ricardo Nquissana e Omar Saidir, encontrados a rasgar panfletos daquela formação política no Posto Administrativo de Nihessiue.

Segundo Abel Camisa, chefe adjunto da brigada da Renamo naquele distrito, um outro caso registou-se na localidade de Mulhaniua, concretamente no regulado de Kommua e consistiu na vandalização da bandeira daquela formação política, envolvendo Desenrasca João, 1º secretário da Frelimo em Mulhaniua, e Asselimo Tocoroma, membro sénior do partido no regulado de Kommua.

Gilberto Botas, da Brigada Central da Frelimo naquele distrito, promete pronunciar-se nos próximos dias, depois de se inteirar das razões que terão originado os incidentes. Entretanto, apelou aos outros partidos políticos concorrentes no sentido de pautarem por civismo, evitando acusações gratuitas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!