Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sequestradores a monte com um cidadão levado à força na sua casa num bairro nobre de Maputo

Na noite de 24 de Setembro prestes a findar, os sequestradores voltaram a fazer das suas na Sommerschield, um dos luxuosos bairros da capital moçambicana, onde arrastaram para a parte incerta um cidadãode origem asiática, de 50 anos de idade, cujo nome não apurámos.

O rapto ocorreu por volta das 23h00 e foi protagonizado por pessoas até aqui desconhecidas, ainda monte e em número não especificado, as quais se faziam transportar numa viatura de marca BMW X5. A vítima é “um moçambicano de origem asiática” e comerciante (não foi revelado o ramo de actuação), segundo Orlando Mudumane, porta-voz do Comando da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Maputo.

Naquela noite, os malfeitores introduziram-se na residência do cidadão em causa e forçaram-no a acompanhá-los fazendo-se transportar no mesmo carro em que eles viajaram para chegar ao local do crime, contou o agente da Lei e Ordem, que também assegurou que decorrem diligências no sentido de localizar os presumíveis bandidos para que sejam responsabilizados pelos seus actos.

Mudumane falava no habitual briefing à Imprensa, cuja finalidade é dar a conhecer as ocorrências criminais da semana e o trabalho feito pela Polícia com vista a manter a ordem, segurança e tranquilidades públicas na capital do país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!