Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Senhor de guerra congolês comparece pela 1ª vez ao tribunal de Haia

O senhor de guerra congolês Bosco Ntaganda, conhecido como o “Exterminador do Futuro”, fez a sua primeira aparição diante do Tribunal Penal Internacional (TPI),  esta Terça-feira (26), depois de sete anos a ser procurado por acusações de crimes de guerra.

Nascido em Ruanda e descrito na sua ficha no tribunal como tendo cerca de 41 anos, Ntaganda entrou no tribunal vestido com um terno azul escuro mal-ajustado, camisa azul e gravata listrada.

Ele pareceu pouco à vontade, a inclinar-se e olhar para baixo no início da audiência. Ntaganda é acusado de homicídio, estupro e outros crimes durante um período de 15 anos de combates em rebeliões no leste da República Democrática do Congo, apoiadas por Ruanda.

Ele inesperadamente entregou-se a diplomatas na embaixada dos EUA em Ruanda, semana passada, vindo da rua e exigindo ser entregue ao TPI. Dentro de dias, ele foi colocado num avião para Haia.

O seu julgamento, quase sete anos depois da primeira vez que o tribunal emitiu um mandado de prisão, é um sucesso necessário para o TPI, depois do colapso de vários outros casos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!