Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sector da Indústria hoteleira sob inspecção

A Inspecção- Geral do Trabalho está a levar a cabo, desde o passado dia 4 e durante três semanas, uma campanha nacional no sector da Indústria Hoteleira e Restauração, visando o controle da legalidade laboral.

Segundo uma fonte do Ministério do Trabalho, as acções inspectivas em curso beneficiarão cerca de cinco mil trabalhadores em todo o País, espalhados em cerca de 260 empresas e estabelecimentos do ramo, cu jo enfoque será sobre a saúde, higiene e segurança dos trabalhadores, bem como a situação no que se refere aos descontos que lhes são feitos nos salários para a segurança social.

Enquanto isso, segundo a mesma fonte, 15 empresas da Cidade de Lichinga, Província do Niassa, foram advertidas durante uma campanha inspectiva decorrida no mês de Janeiro passado, que abrangeu 30 empresas e com um universo de 150 trabalhadores, devido a várias irregularidades, a destacar: Falta de contratos de trabalho deduzidos a escrito; Falta de seguro colectivo de trabalho contra acidentes de trabalho; Falta de inscrição de trabalhadores no sistema de segurança social; Carga horária excessiva; falta de elaboração de plano de férias; de registo de horas extraordinárias; extintores fora do prazo, bem como a falta de actualização de processos individuais.

O sector de Turismo e Hotelaria, entretanto, e um dos que esta em franco crescimento em Moçambique, tendo no ano passado beneficiado de 54 novos projectos de investimentos, orçados em 269 milhões de dólares norte americanos, tendo proporcionado pouco mais de dois mil novos postos de trabalho. Em Sofala, o sector beneficiou em 2009 de seis novos projectos de investimento, no valor global de 9.1 milhões de dólares, tendo criado 159 novos empregos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!