Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ruanda desqualificado das eliminatórias do CAN de 2015

O Ruanda foi desqualificado das eliminatórias para o Campeonato Africano das Nações de 2015, depois duma reclamação introduzida pelo Congo no termo do jogo da primeira mão da segunda volta preliminar que opôs os dois países a 20 de Julho de 2014, em Ponta Negra, indica um comunicado da CAF divulgado domingo.

A Federação Congolesa de Futebol (FECOFOOT) contestou a qualificação do jogador ruandês Dady Birori, que evolui no AS Vita Club de Kinshasa com um passaporte congolês (RDC) sob o nome de Etekiama Agiti Tady com uma data de nascimento diferente.

Depois de inquéritos levados a cabo com base em documentos fornecidos pelas Federações do Ruanda, do Congo e da RD Congo, e na audição do jogador, a 11 de Agosto de 2014, na sede da CAF no Cairo, esta estabeleceu que as duas identidades referiam-se à mesma pessoa. “Enquanto a Federação de Futebol do Ruanda (FERWAFA) afirmava que o jogador Dady Birori apenas tinha uma única identidade, os inquéritos revelaram que foi convocado sob o nome de Etekiama Agiti Tady pela FERWAFA para se juntar à equipa nacional do Ruanda”, indica o comunicado da CAF, entregue à PANA domingo em Lagos (Nigéria).

Com base nas conclusões do inquérito, o comité de organização do torneio decidiu suspender o jogador Etekiama Agiti Tady/Birori Dady até nova ordem e proibir-lhe de jogar para o clube e a equipa nacional. A CAF anunciou a eliminação do Ruanda e a sua substituição pelo Congo que vai juntar-se ao Grupo A das eliminatórias com a Nigéria, a África do Sul e o Sudão.

O Ruanda ainda tem a possibilidade de recorrer desta decisão.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!