Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rio Tinto pesquisa areias pesadas em Inhambane e Gaza

A mineradora anglo-australiana Rio Tinto está a avaliar projectos de exploração das areias pesadas de Mutamba e Chilubane, localizadas nas províncias meridionais moçambicanas de Inhambane e Gaza, respectivamente.

Andrew Woodley, director executivo de operações da empresa, não avança detalhes sobre os respectivos projectos, mas, a serem concretizados, vão juntar-se aos de areias pesadas de Chibuto, na província de Gaza, e de Moma, na província nortenha de Nampula.

Paralelamente a estes investimentos de pesquisa, a Rio Tinto, uma das maiores exploradoras do carvão de Tete a par da brasileira Vale, e que explora a mina de Benga, está a levar a cabo estudos que poderão comprovar a viabilidade de até quatro minas de carvão de grande escala na província central de Tete.

“Vemos um potencial de crescimento significativo das áreas concessionadas na bacia de Moatize. Estamos, de momento, a desenvolver estudos sobre minas, portos, ferrovias e centrais eléctricas, que esperamos venham a provar a viabilidade de ate quatro minas de grande escala”, informou Andrew Woodley na III Conferencia Internacional do Carvão que hoje termina em Maputo.

Uma das referidas minas tem que ver com o projecto do Zambeze. “Acreditamos podermos estar a produzir o primeiro carvão já em 2016”, disse ele, citado, Quarta-feira, pelo “O Pais”.

“O Zambeze tem um perfil de crescimento de produção muito forte, que pode atingir mais de 30 milhões de toneladas de carvão não processado por ano”, acrescentou.

A Rio Tinto iniciou a exportação de carvão na semana passada, tendo exportado 34 mil toneladas para a Índia.

A Conferência Internacional do Carvão junta em Maputo representantes de diversos países para a partilha de experiências e abertura de caminhos a novos negócios.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!